Notícias

Braskem avança em pesquisas sobre embalagens interativas

Tecnologia permite a mudança de cor da embalagem para alertar sobre produto impróprio para consumo

Consumir um produto em condições inadequadas pode deixar de ser uma preocupação. Isso porque uma tecnologia que permitirá a comunicação entre a embalagem e o consumidor, a "embalagem interativa", está sendo pesquisada pela Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas das Américas, em parceria com a universidade norte-americana de Clemson e com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A embalagem interativa utiliza indicadores específicos para sinalizar o estado de conservação do conteúdo inserido nela e emitir o alerta externamente. Com isso, a embalagem mudará de cor e mostrará ao consumidor que o produto está impróprio para o consumo. Esta tecnologia poderá ser utilizada em produtos perecíveis de diversos setores.

Em pesquisas realizadas com aves, carnes e peixes, por exemplo, as alterações no seu pH são determinantes para a mudança de cor da embalagem. De acordo com Patrick Teyssonneyre, diretor global de Tecnologia e Inovação da Braskem, toda a cadeia de valor de um produto pode ser beneficiada com a tecnologia. "Isso dará mais segurança ao consumidor acerca da qualidade do produto que ele leva para a casa e, por outro lado, as empresas terão o controle da integridade de seu produto após a fabricação, seja no transporte ou no ponto de venda", reforça.

A Braskem iniciou a pesquisa sobre embalagens interativas em 2013, concluiu a prova de conceito em 2015 e produziu os primeiros protótipos em 2016. Atualmente possui disponibilidade para avançar o estudo com os setores interessados. "O desenvolvimento da embalagem interativa para um segmento específico precisa ser customizado, por isso sua chegada às prateleiras deve levar mais alguns anos", explica Teyssonneyre.

Como funciona a embalagem interativa? 

  • Substâncias químicas com propriedades de reação a indicadores específicos que comunicam dano ao produto são adicionadas à resina termoplástica utilizada na embalagem.
  • Quando o produto sofre qualquer tipo de prejuízo na sua integridade, a embalagem modifica sua coloração e sinaliza para o consumidor.

 

Sobre a Braskem
Com uma visão de futuro global, orientada para o ser humano, os 8 mil Integrantes da Braskem se empenham todos os dias para melhorar a vida das pessoas, criando as soluções sustentáveis da química e do plástico. É a maior produtora de resinas das Américas, com produção anual de 20 milhões de toneladas, incluindo produtos químicos e petroquímicos básicos, e faturamento de R$ 55 bilhões em 2016. Exporta para Clientes em aproximadamente 100 países e opera 41 unidades industriais, localizadas no Brasil, EUA, Alemanha e México, esta última em parceria com a mexicana Idesa.

 

Para esclarecimentos adicionais, favor contatar:
CDN Comunicação 
Ana Beatriz Paschoal (55 11) 3643-2737 - anabeatriz.paschoal@cdn.com.br
Rafael Abrantes - (55 11) 3643-2772 - rafael.abrantes@cdn.com.br
Priscila Ventura - (55 11) 3643-2744 - priscila.ventura@cdn.com.br  

Braskem nas redes sociais

Facebook | Linkedin | Twitter