Notícias

Artigo: A reciclagem é uma atividade que precisa crescer

Fabiana Quiroga*

É inegável o avanço que o plástico trouxe para a vida moderna. Desde soluções para o cultivo e preservação de alimentos até aplicações para melhorar a mobilidade e a infraestrutura nas cidades, encontramos polímeros em praticamente tudo que utilizamos no nosso dia a dia. 

Se observarmos, no entanto, o potencial que o plástico tem, veremos que ele poderia atingir muitos outros mercados, não fosse uma questão importante: sua destinação após o uso. Um estudo recente liderado pela Universidade de Santa Barbara, na Califórnia, mostrou que a humanidade já produziu cerca de 8,3 bilhões de toneladas de plástico desde a década de 1950 -- quando os polímeros começaram a ser utilizados na indústria em larga escala. Desse montante, cerca de 70% viraram lixo e foram parar em lixões, aterros ou no meio ambiente, criando um problema sério para os ecossistemas. 

É interessante notar que boa parte da percepção negativa associada ao plástico é gerada pelo descarte inadequado após o uso. Portanto, se a reciclagem fosse bem desenvolvida e aplicada, esse cenário seria diferente. Sabemos, hoje, que os plásticos pós-consumo, quando transformados em resina novamente, podem dar origem a novos produtos. Além disso, estudos de análise de ciclo de vida (ACV) revelam que os polímeros são a opção mais sustentável para diversas aplicações na indústria, na agricultura, na infraestrutura e no dia a dia das pessoas.  

Para que a reciclagem de materiais seja uma realidade, é preciso um esforço conjunto de toda a cadeia - incluindo aí consumidores - para promover a valorização desse mercado e também dos produtos reciclados. Hoje, no Brasil, apenas 23% do plástico descartado é reciclado. 

Sendo a maior produtora de resinas termoplásticas das Américas, a Braskem acredita que é seu papel trabalhar para apoiar o desenvolvimento desse mercado, criando uma economia circular para seus produtos e abrindo caminho para que suas soluções sejam utilizadas onde antes a geração de resíduos era tida como entrave. 

Para isso, criamos, em 2015, a Plataforma Wecycle, que busca realizar parcerias com brand owners, transformadores, recicladores e cooperativas para o desenvolvimento de novos produtos reciclados. A iniciativa prevê ações para desenvolver a cadeia de reciclagem, qualificar processos, trabalhar a confiabilidade técnica dos parceiros, e, por fim, implementar ações voltadas para a responsabilidade social. A importância desse trabalho é tamanha que, em 2017, ele evoluiu e se transformou em uma área, chamada de Reciclagem & Plataforma Wecycle. 

Utilizamos também nossos dois centros de tecnologia e inovação - em Pittsburgh, nos EUA, e em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul - para criar soluções que auxiliam no crescimento da reciclagem do plástico e melhorem a qualidade da resina reciclada, permitindo que elas voltem a ter propriedades semelhantes às resinas virgens. Foram os investimentos em tecnologia e inovação, aliás, que tornaram possível o desenvolvimento de produtos feitos de resina reciclada com alta qualidade e utilizada em projetos lançados pela Plataforma Wecycle.  É o caso da Embalixo, empresa líder no segmento de sacos de lixo no Brasil e que passou a produzir sacos premium com resíduos de plástico pós-consumo. Alguns estudos ainda sugerem que, se os plásticos fossem criados tendo a reciclagem em mente, eles poderiam ser reutilizados mais de uma vez - promovendo uma redução significativa no volume de resíduos produzidos. 

Dados do Relatório WWF Living Planet de 2016, gerado pelo World Wildlife Fund, estimam que seria necessário um planeta Terra e meio para produzir, regenerar e absorver tudo o que consumimos atualmente. A conta simplesmente não fecha. É um cenário preocupante. E a sociedade já entendeu que o problema precisa ser resolvido - e tem clamado por iniciativas que ajudem a solucionar essa situação complexa. Em linha com seu propósito, a Braskem continuará desenvolvendo soluções sustentáveis para atender esta demanda crescente por produtos mais sustentáveis. 

*Fabiana Quiroga é diretora da área de Reciclagem & Plataforma Wecycle da Braskem.

Para esclarecimentos adicionais, favor contatar:
CDN Comunicação 
Fernando Rubino (55 11) 3643-2991 - fernando.rubino@cdn.com.br
Jessyca Trovão - (55 11) 3643-2769 - jessyca.trovao@cdn.com.br
Pedro Orlandi - (55 11) 3643-2745 - pedro.orlandi@cdn.com.br  

 

Braskem nas redes sociais

Facebook | Linkedin | Twitter