Notícias

Braskem e Pequiven assinam acordo para viabilizar o mais competitivo complexo petroquímico integrado

Viabilidade técnica e econômica do Complexo de Olefinas de Jose será decidida no prazo de seis meses.

A Braskem, empresa líder do setor petroquímico na América Latina, e a Pequiven, principal empresa petroquímica da Venezuela, acabam de firmar um acordo com o objetivo de desenvolver e implantar naquele país o mais competitivo complexo petroquímico integrado das Américas, denominado Complexo de Olefinas de Jose. O projeto envolve a construção de um "cracker" de etano a partir de gás natural com escala competitiva mundial - capacidade superior a 1,2 milhão de toneladas/ano de eteno - e de unidades de polietilenos e outros petroquímicos de segunda geração.

Para a Venezuela, o Complexo de Olefinas de Jose é um passo importante para o crescimento do setor petroquímico nacional e faz parte do plano de desenvolvimento da Pequiven 2006-2012. "A Venezuela detém uma das maiores reservas de petróleo e gás natural do mundo e ocupa uma posição privilegiada na geopolítica do continente americano", diz Saul Ameliach, presidente da Pequiven. "Pretendemos utilizar essas vantagens para, em parceria com a Braskem, desenvolver ainda mais a nossa indústria petroquímica, neste caso, no setor de olefinas (resinas plásticas), com objetivo de tornar a Venezuela uma potência mundial no setor de plástico, impulsionando a indústria de transformação, criando novas empresas, garantindo o suprimento de matéria-prima, substituindo importações e gerando empregos sustentáveis e permanentes. Tudo isso com o objetivo de gerar riquezas e contribuir para a redução da pobreza na região", acrescenta.

"Esse projeto representa um passo fundamental na estratégia de crescimento com criação de valor da Braskem, aliando escala de produção, tecnologia atualizada e acesso a matéria-prima em condições diferenciadas, resultando em custos de produção mais competitivos e melhor rentabilidade para nossa empresa", diz José Carlos Grubisich, presidente da Braskem. "O projeto Jose reforça nossa aliança estratégica com a Pequiven e deve se transformar em uma plataforma de internacionalização da Braskem", destaca.

O detalhamento do projeto que será conduzido pela Braskem e Pequiven deverá estar concluído em seis meses, e contemplará aspectos operacionais, tecnológicos, mercadológicos, financeiros e empresariais.

Além dessa iniciativa, a Braskem e a Pequiven prosseguem com o projeto para construir uma nova planta de polipropileno na Venezuela, no Complexo de El Tablazo, com capacidade anual de 400 mil t/ano e investimentos estimados em cerca de US$ 370 milhões. Outras oportunidades oferecidas pelo setor petroquímico venezuelano estão sendo analisadas no âmbito da parceria estratégica entre as duas empresas.

Para esclarecimentos adicionais, favor contatar:
CDN Comunicação 
Ana Beatriz Paschoal (55 11) 3643-2737 - anabeatriz.paschoal@cdn.com.br
Rafael Abrantes - (55 11) 3643-2772 - rafael.abrantes@cdn.com.br
Priscila Ventura - (55 11) 3643-2744 - priscila.ventura@cdn.com.br  

Braskem nas redes sociais

Facebook | Linkedin | Twitter